.: Paróquia Sagrada Família :. Diocese de Criciúma - Araranguá /SC

Ministério de Leigos

Ministério de Leigos

Na Igreja, novo Povo de Deus e Corpo Místico de Cristo, cada um tem uma tarefa a cumprir, cabendo-lhe ser fiel em descobri-la e realizá-la. Muitos são, pois, os ministérios na comunidade cristã. E todos os ministérios devem contribuir para a vitalidade e a beleza do Corpo eclesial.
Sem clericalizar os leigos (nem secularizar os clérigos) e sem ofuscar a sua vocação específica – a “índole secular”, isto é, a presença e a atuação nas realidades terrestres – os ministros extraordinários (da Comunhão, da Palavra, das Bênçãos, da animação das comunidades, das exéquias…) auxiliam os ministros ordenados na tarefa pastoral e juntos manifestam que “a Igreja é toda ministerial”, mas que cada um possui a sua tarefa específica e própria. Alguns no sacerdócio ministerial (ministros ordenados, que tenham recebido o Sacramento da Ordem) e outros no sacerdócio comum dos fiéis (ministros não ordenados, todos os batizados, entre eles os ministros extraordinários).

 

Ministérios Leigos presentes em nossa paróquia:

 

• Ministros de Exéquias 
• Ministros Extraordinários da Comunhão
• Ministros do Batismo
• Testemunha Qualificada pra o Matrimônio

 

Atribuições do Ministro Extraordinário

1) Ajudar o sacerdote e o diácono a distribuir a Santa Comunhão nas Missas, quando o número de fiéis o exigir.
2) Distribuir a Santa Comunhão a si e aos outros fiéis nos cultos (Celebração da Palavra com distribuição da Santíssima Eucaristia) por eles presididos.
3) Levar a Comunhão aos doentes em casa e instituições de saúde e confortá-los.
4) Dirigir o culto litúrgico na ausência do sacerdote.
5) Pregar a Palavra de Deus, na ausência do sacerdote, durante o culto dominical.
6) Presidir as orações nos funerais, na ausência do sacerdote ou diácono.
7) Expor e repor o Santíssimo Sacramento nas adorações, sem dar a Bênção do Santíssimo, (o que é próprio do sacerdote por ser ele o ministro ordinário da Eucaristia).
Fazer as orações junto aos agonizantes, sem dar a Unção dos Enfermos, a qual é reservada unicamente ao sacerdote.
9) Dar as bênçãos facultadas também aos leigos, segundo o novo “Ritual de Bênçãos por Ministros Leigos”.
10) Fazer parte integrante da Equipe de Liturgia.
11) Estar atento às necessidades da comunidade e promover a união de todos, estando em comunhão plena e total com os pastores e fidelidade à doutrina da Santa Igreja.
12) Estar em profunda comunhão e unidade com o pároco, mantendo-o informado da situação das pessoas, famílias e doentes que visita, e acompanhando-o quando as circunstâncias exigirem.



Igreja Sagrada Família Rua Nereu Ramos, 400 - Cidade Alta
CEP 88900-000
Fone/Fax: (48) 3524-1233
E-mail: pascom@paroquiasagradafamilia.com.br